croomg@croomg.org.br (34) 3234 2834
Você deseja se cadastrar e ser um membro da Câmara?
Saiba como filiar-se à câmara de forma simples e prática. A CROOMG é uma pessoa jurídica de natureza privada e de caráter associativo, não constituindo-se em uma autarquia e não tendo poder de polícia, pelo que, a filiação ao mesmo é facultativa, contudo, sendo a forma de organizar, unir e fortalecer os Ópticos e os Optometristas do estado de Minas Gerais na busca do pleno reconhecimento de suas profissões e respeito aos seus direitos e prerrogativas.
Últimas notícias
IMG-20160810-WA0001
Reunião CBOO e Regionais

Presidente CROO-MG Fábio Rocha em reunião no CBOO […]

baxa
Bacharel em Optometria – FASUP

Apos autorização do MEC, a Faculdade de Saúde […]

arvivada
PL do ato médico 2 foi arquivada!

Senadora Lucia Vânia solicitou a retirada de […]

post
PL ATO MÉDICO 2

O Senado Federal abriu consulta pública sobre […]

c2382c29-f515-4e4d-ae43-1041a09d315b_LARGE
Entrevista Dr. Fábio Cunha

Dr. Fábio Cunha, assessor jurídico do CBOO […]

CURSO
CDL/BH promove curso Técnico em Óptica.

A falta de técnicos para atender aos […]

1
1
Depoimentos

Ser filiado ao Conselho de Óptica e Optometria de MG faz toda diferença na minha carreira como optometrista.

Jorge Paulo
1
CROO
TV CROOMG
Informações
Óptico 1
Optometrista 2

O Técnico Óptico é o responsável técnico por estabelecimentos de óptica, centro de adaptações de lentes de contato e laboratórios. Profissional responsável pela exatidão da prescrição óptica, da fabricação, da distribuição e da comercialização das lentes ópticas e de contato.O Técnico Óptico atual é uma somatória de anos de experiências, aprendizado e conhecimentos científicos. É responsável técnico, mas manipula matéria prima nos laboratórios ou montam óculos, substituídos por equipamentos computadorizados de primeira geração. Porém, são responsáveis pela produção e exatidão.

De formação específica, o Óptico-Optometrista ocupa-se do exame do processo visual em seus aspectos funcionais e comportamentais, determinando e medindo cientificamente os defeitos da visão; refração, acomodação e motilidade dos olhos, prevenindo e corrigindo os transtornos da visão, prescrevendo e adaptando auxílios ópticos compensatórios – sejam lentes para óculos ou lentes de contato, aplicação de prismas, filtros, sistemas tele lupas. Prevê a recomendação e o acompanhamento da prática de terapias visuais, exercícios ortópticos e a adaptação de próteses e órteses oculares. Reconhece condições patológicas oculares e sistêmicas encaminhando esses casos aos profissionais de medicina especializada. Busca oferecer o máximo de rendimento visual com a menor fadiga. Por métodos objetivos e subjetivos. O óptico optometrista não trata de enfermidades dos olhos, não realiza cirurgias nem prescreve medicamentos. Cuida do ato visual, não do órgão globo ocular. Pode emitir laudos técnicos. Pode se responsabilizar tecnicamente por indústrias do ramo, clínicas de visão, postos de saúde, estabelecimentos ópticos.